Servidores da Urbs podem entrar em greve a partir desta quarta-feira

Roger Pereira


Da BandNews FM Curitiba

A partir da próxima quarta-feira (13), cerca de 1500 servidores da URBS devem entrar em greve. Segundo o Sindiurbano – Sindicato dos Trabalhadores em Urbanização do Estado do Paraná – a categoria aprovou a paralisação em assembleia que aconteceu na semana passada. Os servidores estão insatisfeitos com o acordo coletivo 2016/2017. De acordo com o presidente do SindiUrbano, Valdir Aparecido Mestriner, a empresa não ofereceu reajuste salarial e de benefícios.

Além disso, os servidores teriam a jornada de trabalho reduzida. Ainda de acordo com Mestriner se a empresa não apresentar proposta, a paralisação será por tempo indeterminado.

De acordo com o Sindiurbano, dos 1500 funcionários, 400 são agentes de trânsito. O que pode dificultar na organização da passagem da tocha olímpica em Curitiba, que acontece na próxima quinta-feira (14). Em nota a URBS ressaltou que caso a greve seja mantida até quinta-feira, o esquema de trânsito vai ter a participação do Batalhão de Polícia de Trânsito da PM (BPTran) durante a passagem da tocha olímpica. Em relação à paralisação, a URBS já foi notificada da assembleia dos servidores e pretende tomar medidas para garantir a manutenção dos serviços. A URBS ainda esclarece que a greve não envolve motoristas e cobradores, portanto a paralisação não deve afetar o transporte coletivo.

Clique aqui e ouça as entrevistas desta matéria

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal