Superlotação: trinta presos conseguem transferência após motim

Andreza Rossini


Com informações da Repórter Cristina Seciuk da CBN Curitiba 

Superlotada, a carceragem da Delegacia de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, teve rebelião na tarde de segunda-feira (10).

Um grupo de presos fez outros dois reféns e exigiu transferência para o sistema penitenciário. Ao menos trinta devem migrar para unidades prisionais assim que houver liberação por parte do Departamento Penitenciário (Depen).

O motim começou por volta das 14h30, quando 36 presos dividiam um espaço projetado para quatro. Equipes do Cope (Polícia Civil) e também do Bope (Polícia Militar) foram deslocadas até a 1ª Delegacia Regional de São José dos Pinhais para conduzir as negociações.

Dezenas de presos cobravam – com urgência – suas transferências para unidades do Sistema Penitenciário. Os reféns foram liberados sem ferimentos.

Em nota, a Polícia Civil informou que o princípio de rebelião foi normalizado após atender o pedido dos detentos.

Conforme a polícia, o juiz da Vara de Execuções Penais já determinou a remoção dos presos.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="424457" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]