Taxista é preso após briga com motorista do Uber na rodoviária de Curitiba

Mariana Ohde

Com CBN Curitiba

Um taxista foi preso após uma confusão com um motorista do Uber na rodoviária de Curitiba na noite desta terça-feira (10). A Guarda Municipal e a Polícia Militar (PM) foram acionadas para controlar a situação. O tumulto começou por volta das 19h. Segundo a PM, os taxistas disseram que foram provocados por um motorista do Uber. Já o funcionário do aplicativo afirmou que foi cercado e ameaçado pelos taxistas.

Durante a confusão, o taxista foi detido e levado ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão. Ele foi liberado em seguida. De acordo com a PM, o taxista foi preso por lesão corporal e danos ao veículo do Uber, que teve o retrovisor, a lataria e os vidros danificados durante o tumulto.

A confusão envolveu cerca de vinte pessoas, a maioria taxistas.


Brigas constantes

Confusões entre taxistas e motoristas do Uber têm sido comuns desde que o aplicativo começou a operar em Curitiba, em março do ano passado. A rodoviária, o aeroporto Afonso Pena, e bairros como o Batel, são os pontos em que há o maior número de ocorrências. O Uber ainda não foi regulamentado na capital paranaense.

A Câmara Municipal aprovou um projeto de lei que, se aprovado, proibiria o funcionamento do aplicativo. A proposta prevê multa de R$ 1.700 para o motorista que for flagrado transportando passageiros sem regulamentação junto à prefeitura, que é o caso do Uber. Outro projeto de lei, que pretendia regularizar a situação do aplicativo, acabou arquivado antes de chegar ao plenário da Câmara.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook