TCE-PR multa Greca e presidente da Urbs pelo valor da tarifa de ônibus

Francielly Azevedo


Com CBN Curitiba

A Prefeitura de Curitiba informou na manhã deste sábado (29) que ainda não foi notificada sobre decisão do Tribunal de Contas do Estado. O órgão decidiu multas o prefeito Rafael Greca e o presidente da Urbs, José Antônio Andreguetto, pelo descumprimento de uma medida cautelar expedida em fevereiro e que obrigava o cancelamento do reajuste da tarifa de ônibus. Na época o valor subiu de R$ 3,70 para R$ 4,25. A multa aplicada para ambos é de R$ 2.887,90.

A decisão que obrigava a suspensão do reajuste é do conselheiro Ivan Bonilha, relator do processo de auditoria realizado pelo Tribunal de Contas e que constatou falta de transparência na fiscalização do sistema. Os principais argumentos usados na medida cautelar que obrigava a redução do valor estavam a falta de transparência no cálculo da tarifa, e o fato do reajuste ter sido anunciado pela prefeitura para a renovação da frota. O conselheiro Ivan Bonilha justificado que a renovação dos ônibus já está prevista no contrato com as empresas e que o valor estaria sendo cobrado duas vezes dos passageiros.

Dias depois da decisão, a prefeitura conseguiu na Justiça liminar favorável à administração municipal mantendo a passagem em R$ 4,25.

Previous ArticleNext Article
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.
[post_explorer post_id="427890" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]