Policial Federal abre fogo e deixa um morto e três feridos em Curitiba

Os tiros foram efetuados em direção a loja de conveniências do estabelecimento por um policial federal que apresentava sinais de embriaguez, segundo a polícia.

Redação - 02 de maio de 2022, 08:05

Foto: Reprodução/TV Band
Foto: Reprodução/TV Band

Um tiroteio em um posto de combustíveis resultou em uma pessoa morta e três feridas na noite deste domingo (1), em Curitiba. Os disparos foram efetuados por um policial federal que apresentava sinais de embriaguez, de acordo com a Polícia Militar (PMPR).

O caso aconteceu por volta das 23h em um posto localizado na Av. Sete de Setembro, na região do Alto da XV. Conforme a polícia, a desavença teria sido iniciada com uma discussão entre o policial federal e o segurança do estabelecimento, por conta do estacionamento irregular.

Diversas pessoas estavam no posto, e algumas delas tentaram intervir. O policial federal, então, teria sacado uma arma e efetuou diversos disparos em direção à loja de conveniências. Pelo menos dez tiros teriam sido efetuados. Houve tumulto e quatro pessoas acabaram baleadas.

“Ele aparentava estar embriagado e não disse muita coisa, apenas que teve uma confusão dentro do posto. Foi dada voz de abordagem e perguntado se ele estava armado. De início ele se recusou a acatar as ordens da equipe, mas foi feita a imobilização dele e retirada a arma de fogo”, relatou o tenente Klassen da PM.

Foto: Reprodução/TV Band Curitiba

Um dos homens baleados que chegou a ser atendido pelo Siate não resistiu aos ferimentos e morreu dentro da ambulância. Ele tinha 32 anos.

“Chegando ao local nos deparamos com quatro vítimas, sendo três homens e uma mulher. Infelizmente um dos rapazes veio a óbito. A moça foi levada rapidamente ao hospital Cajuru em estado grave, e os outros dois feridos estavam mais estáveis”, disse o tenente Filipak em entrevista à TV Band Curitiba.

O policial federal Ronaldo Massuia Silva, de 43 anos, foi contido por equipes da PM e preso. Ele foi levado à Central de Flagrantes da Capital. O carro que o policial estava, que era de uso oficial e estava descaracterizado, foi apreendido pela polícia. A Polícia Civil foi acionada e investiga o caso.

A Polícia Federal informou que o agente foi transferido para a carceragem da PF e que instaurou um processo disciplinar.

Leia também:
Maio Amarelo: Curitiba terá praças e monumentos iluminados
Cidades
Maio Amarelo: Curitiba terá praças e monumentos iluminados

Redação

01 de maio de 2022, 23:00

Acidente na BR-277: caminhões batem na região de Balsa Nova
Cidades
Acidente na BR-277: caminhões batem na região de Balsa Nova

Redação

01 de maio de 2022, 15:39

Dia do Trabalhador é marcado pela Festa do Costelão em Cascavel
Cidades
Dia do Trabalhador é marcado pela Festa do Costelão em Cascavel

Tarobá News

01 de maio de 2022, 12:00

« arraste para o lado »