Visitas a pacientes em UPAs devem ser limitadas

Narley Resende


Com 28 votos favoráveis e nenhum contra, foi aprovado nessa segunda-feira um projeto da vereadora Maria Leticia Fagundes (PV) que restringe a visita a pacientes em Unidades de Pronto Atendimento (UPA).

O texto diz que “pacientes menores de 18 anos e maiores de 60 anos poderão ficar na companhia de um único acompanhante que será previamente identificado na recepção da UPA, no atendimento inicial”.

Em caso de internamento, todos os pacientes, independentemente de idade, poderão receber visita, mas respeitando o limite de uma pessoa por paciente.

Além disso, a critério do médico, a visita poderá ser restrita. Segundo a vereadora, “houve um aumento do número de agressões a funcionários por parte dos visitantes”.

Maria Leticia diz também que “um dos problemas da presença excessiva de visitantes, por exemplo, é a possibilidade de contaminação do material médico”. Segundo ela, as legislações que tratam do assunto “acompanhante” falam em tratamento humanizado, mas nenhuma aborda a restrição aos visitantes.

Para entrar em vigor o texto ainda tem que ser votado em 2º turno na Câmara e ser sancionado pelo prefeito Rafael Greca, do PMN.

Previous ArticleNext Article