Vizinho cria vaquinha para ajudar vendedor que teve sua Kombi queimada

Mariana Ohde


Na última semana, problemas mecânicos fizeram com que a Kombi de Antônio Leal, conhecido como Toninho, pegasse fogo. O veículo era a fonte de renda do vendedor, que, com ele, comercializava chocolates e cestas em Curitiba e região metropolitana. Sensibilizado com a situação do vizinho, o analista de negócios Vinícius Bruno resolveu ajudar – ele organizou uma vaquinha virtual através do site Vakinha para arrecadar dinheiro e comprar uma nova Kombi para Toninho.

“Eu estava saindo para o trabalho e, de longe, avistei a fumaça. A gente se aproximou e viu que era um carro que estava pegando fogo. Ao chegar mais perto, vimos que era a Kombi do Toninho, e ele estava na rua, desesperado”, conta Vinícius.

“Eu fui para o trabalho e fiquei pensando que deveria ajudar ele de alguma forma. Então lembrei de uma situação que tinha visto antes, de um rapaz de São Paulo que teve o carro apedrejado e uma pessoa criou uma vaquinha online para ajudá-lo. E eu pensei, ‘por que não posso fazer o mesmo?’. A gente usa a internet para tanta coisa, por que não pode usar a internet para fazer o bem?”, explica, referindo-se ao homem que teve o carro destruído no início do ano por taxistas que o confundiram com um motorista do aplicativo Uber.

A vaquinha para ajudar Toninho foi lançada na sexta-feira (10), com o objetivo de arrecadar R$ 15 mil. A iniciativa foi divulgada nas redes sociais e entre conhecidos. Na segunda-feira (13), a história foi compartilhada também na página da Prefeitura de Curitiba no Facebook. Com isso, até agora, a vaquinha já soma mais de R$ 11 mil em doações confirmados e cerca de R$ 16 mil em boletos pendentes.

Após a repercussão, Toninho agradeceu a todos que contribuíram com a Vakinha.

A mensagem foi divulgada, no Facebook, pelo vizinho do bairro São Braz que criou a campanha. Para ajudar o vendedor, basta acessar o site.

(Com informações da CBN Curitiba)

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal