Curitiba vacina nascidos no 2º semestre de 2000 nesta quinta e nascidos em 2001 na sexta

Redação

vacinação covid curitiba calendário

A SMS (Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba) amplia a vacinação com a primeira dose da vacina contra a covid-19. Nesta quinta-feira (2/9), serão atendidos os nascidos no segundo semestre de 2000. Na sexta-feira (3/9), os nascidos em todo o ano de 2001. Gestantes e puérperas (que deram à luz até 45 dias atrás) também serão atendidas.

Nesta quinta-feira (2/9) haverá também aplicação da segunda dose para pessoas vacinadas com a primeira dose de Coronavac em 6, 7 e 8 de agosto e de Astrazeneca ou Pfizer em 9 de junho.

A estimativa é de vacinar 27 mil pessoas com a primeira dose neste dois dias. O atendimento será feito em 19 pontos de vacinação abertos das 8h às 17h (lista abaixo). Nesta semana não haverá repescagem.

A ampliação do atendimento será feita com doses destinadas à segunda aplicação, após a SMS confirmar com o Ministério da Saúde o envio de novos lotes de imunizantes para o município, que devem ser entregues nos próximos dias. A decisão foi tomada na reunião do Comitê de Técnica e Ética Médica da secretaria na manhã desta quarta-feira (1º/9).

“São vacinas de segunda aplicação que seriam usadas daqui a 15 dias, então tomamos essa decisão de antecipar a aplicação de primeira dose já que temos um feriado pela frente”, explicou a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

Os imunizantes deverão ser repostos assim que Curitiba receba nova remessa destinada à aplicação de primeira dose e a convocação de novo público depende de avaliação de estoque ou chegada de nova remessa de vacinas.

O QUE FAZER PARA RECEBER A VACINA

Para receber a vacina contra a covid em Curitiba, a SMS orienta fazer o cadastro antecipado na plataforma Saúde Já pelo site www.saudeja.curitiba.pr.gov.br ou pelo aplicativo do celular. O cadastro agiliza o processo da vacinação.

Também é preciso apresentar um documento de identificação com foto, CPF e um comprovante de residência com endereço de Curitiba (no caso de estar no nome do cônjuge, deve ser apresentada também certidão de casamento ou de união estável).

Com a vacinação de faixas etárias mais jovens, a Secretaria Municipal da Saúde também aceita comprovante de residência no nome do pai ou da mãe, anexado a um documento que comprove a filiação.

Já para os casos de locações não formalizadas por imobiliárias, deverá ser apresentado o comprovante do endereço da residência com uma declaração do proprietário do imóvel, com responsabilização legal pela locação e pela informação.

VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 EM CURITIBA 

Quinta-feira (2/9):

  • Pessoas nascidas de 1º de julho a 31 de dezembro de 2000
  • Gestantes e puérperas com 18 anos ou mais

Sexta-feira (3/9):

  • Pessoas nascidas em 2001
  • Gestantes e puérperas com 18 anos ou mais

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="787289" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]