Curitibano desenvolve rede social exclusiva para ajudar pets

Fernando Garcel e BandNews FM Curitiba


Existem muitos grupos nas redes sociais para ajudar a encontrar animais desaparecidos. Mas um veterinário curitibano resolveu criar uma nova rede social exclusiva para os pets. O projeto Puppyfi ajuda animais a retornarem para casa por meio de uma comunidade em que todos estão engajados na missão de encontrar o bichinho.

De acordo com o criador da plataforma, Alexandre Roa, a ideia nasceu a partir de uma necessidade particular. “Um conhecido perdeu um pet e pediu ajuda. Nós criamos uma página no Facebook. Essa página teve bastante repercussão e sucesso. Isso motivou a criação de novas páginas e quando a gente viu estávamos com 40 páginas e 35 grupos. Foi então que a gente teve a ideia de unir toda essa comunidade em um lugar só”, conta Roa.

Foto: Reprodução / Puppyfi

A foto e a história de cada animal cadastrado são enviadas para todas as páginas criadas por eles. O projeto se espalhou por todo o país e até para Portugal. O idealizador estima que 3,5 mil animais tenham retornado para casa com a ajuda do site. Mas o propósito da ferramenta vai além de um serviço de “achados e perdidos” e também atende outras demandas como adoções e vaquinhas para ajudar usuários e ONGs.

Já são mais de 40 mil seguidores e 1800 usuários ativos no site oficial que trabalham na missão de encontrar os animais perdidos, arrecadar recursos para casos de resgates ou fazer a ponte entre um adotante e o pet. Para Alexandre, o sucesso da iniciativa mostra o quanto há pessoas engajadas em ajudar, sem receber nada em troca. “Quando você une essas pessoas, a que precisa de ajuda e a que gosta de ajudar, o prazer é enorme. É uma comunidade do bem e isso é muito bom”, comemora.

Para fazer parte dessa comunidade é só acessar o site puppyfi.com.

Previous ArticleNext Article