Delegado é suspeito de matar mulher e enteada a tiros em Curitiba

Redação

delegado-de-curitiba-mata-mulher-e-enteada

O delegado Erik Busetti é suspeito de matar a mulher e a enteada a tiros na noite desta quarta-feira (4), no bairro Atuba, em Curitiba. A vítima, identificada como Maritza Guimarães de Souza, de 41 anos, ocupava o cargo de escrivã da PCPR (Polícia Civil do Paraná).

Uma adolescente, que era enteada do delegado, também foi morta na ação. Ela foi identificada como Ana Carolina de Souza, de 16 anos. Busetti, que estava lotado na Delegacia do Adolescente, foi autuado em flagrante e permanece preso.

DELEGADO DE CURITIBA MATOU MULHER E ENTEADA DENTRO DE QUARTO

De acordo com informações da PMPR (Polícia Militar do Paraná), repassadas à TV Band Curitiba, mãe e filha morreram abraçadas em um quarto da residência, que ficava no Atuba. A suspeita é que o delegado tenha saído de casa e, quando retornou, cometeu o assassinato.

Segundo informações preliminares, o Erik Busetti teria levado a filha do casal, de nove anos, até a casa de um vizinho antes de cometer o crime. Moradores do condomínio relataram que o delegado disse que iria se matar, porém, conhecidos o convenceram a não tomar essa atitude.

No início da manhã desta quinta-feira (5), o suspeito está sendo ouvido. A PCPR informou que uma coletiva de imprensa será realizada ainda na manhã de hoje. Quem irá fazer a defesa do delegado é o advogado Cláudio Dalledone Junior.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="686781" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]