Dengue tem ciclo finalizado com 227 mil casos e 177 óbitos no Paraná

Redação

paraná, dengue, estado de alerta, ratinho junior, beto preto, sesa

O ciclo 2019/2020 da dengue no Paraná foi finalizado nesta terça-feira (14) pela Secretaria de Estado da Saúde. O balanço final aponta 227.724 casos e 177 óbitos pela doença.

Esses foram os maiores números de dengue registrados em toda história no Paraná. Em comparação ao ciclo 2018/2019, o aumento foi de 983%, com 21.017 casos sendo constatados no período.

Com 22 mortes registradas no ciclo anterior, os óbitos pela dengue no Paraná cresceram 704% nos últimos doze meses em comparação ao período anterior.

Esses números ainda podem registrar crescimento, com 2.270 casos ainda sob investigação pela Secretaria de Estado da Saúde.

Por isso a consolidação final dos dados será feita apenas no mês de novembro, junto do Sistema de Informações de Agravos de Notificação, do Ministério da Saúde

“Mesmo com a pandemia do novo coronavírus o Governo do Paraná não baixou a guarda no combate à dengue. Os números são altos, existe uma epidemia de dengue e por isso reforçamos nosso apelo para a que população fique atenta e participe deste combate”, explicou o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto.

Os casos de dengue foram registrados em 93% (374) dos 399 municípios do Paraná, sendo que 244 cidades ainda seguem em situação de epidemia e outras 31 estão em alerta para a doença.

A Secretaria de Estado da Saúde aponta a circulação de um novo sorotipo da dengue (Den-2) como principal fator no aumento dos casos e mortes pela doença no Paraná.

Outro fator importante foi a mudança no método de confirmação dos casos da doença, que consideraram os laudos médicos como prova, sem a necessidade do exame laboratorial.

Previous ArticleNext Article