Dengue: Foz de Iguaçu decreta situação de emergência

Redação

foz do iguaçu paraná internet

A Prefeitura de Foz do Iguaçu decretou situação de emergência da dengue nesta semana. São 6.896 casos e uma morte causada pela doença na cidade desde agosto de 2019. Ontem (20), Maringá também entrou em situação de epidemia após dois óbitos.

Os números refletem uma série de fatores propícios a transmissão do vírus, como altas temperaturas com período de chuva e de desabastecimento nacional do inseticida utilizado para as ações de controle do mosquito Aedes Aegypti. A estimativa é que 80% dos criadouros estão nas residências.

O decreto da prefeitura de Foz do Iguaçu vale pelos próximos 90 dias, pelo menos. Por fim, a administração municipal adota medidas no combate à dengue, como por exemplo a contratação temporária de pessoal.

Entre as ações, também estão a autorização para a Secretaria Municipal de Saúde requisitar pessoal e equipamentos dos diversos órgãos da Prefeitura para verificar focos de proliferação da doença e liberação à Secretaria Municipal da Fazenda de reserva de caixa para os pagamentos considerados emergenciais pela Secretaria Municipal de Saúde.

DENGUE NO PARANÁ

Desde 28 de julho de 2019, 23 pessoas morreram de dengue do Paraná, dez somente na última semana, segundo dados do boletim da dengue divulgado pela Sesa (Secretaria da Saúde do Paraná) nesta terça-feira (18).

Os óbitos foram registrados, em sua maioria, em pacientes idosos e portadores de outras doenças, principalmente hipertensão e doenças cardíacas:
  • Alto Paraná: homem, de 62 anos, portador de hipertensão; e outro homem, de 82 anos, com diabetes e hipertensão;
  • Foz do Iguaçu: homem, de 76 anos, com doença crônica no fígado;
  • Medianeira: homem, de 90 anos, com insuficiência renal crônica;
  • Douradina: mulher, de 81 anos, com hipertensão arterial e doença cardíaca;
  • Xambrê: mulher, de 80 anos, e portadora de hipertensão;
  • Terra Rica: homem, de 65 anos, e portador de diabetes e pressão alta;
  • Santa Mônica: mulher, de 73 anos;
  • Sarandi: mulher, de 26 anos, sem comorbidades;
  • Maringá: mulher, de 58 anos; menina, de sete anos;

Ainda de acordo com a Sesa, houve alta de 29,81% nas ocorrências, saltando de 20.563 para 26.692. Ao todo são 76.285 notificações de dengue presentes em 325 municípios.

Previous ArticleNext Article