Em uma semana, Paraná confirma 83 novos casos de dengue

Redação

dengue, paraná, boletim, sesa, secretaria de estado da saúde do paraná, secretaria estadual da saúde, mortes, óbitos, casos confirmados, aedes aegypti

O Paraná confirmou nesta terça-feira (19) mais 83 casos de dengue. O boletim é atualizado semanalmente pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde). O total acumulado desde agosto do ano passado, quando teve início o atual ciclo epidemiológico, agora é de 1.807 diagnósticos.

De acordo com o informe epidemiológico, dos 399 municípios do Paraná, 187 já registraram casos de dengue neste ciclo. Além disso, há 16 cidades com sinais de alerta e seis com casos graves.

Desde agosto de 2020 o Estado confirmou seis mortes por dengue. Nenhum óbito foi incluído no boletim mais recente.

A doença já foi notificada em todas as 22 regionais de Saúde do Paraná. Em relações aos casos notificados – não necessariamente confirmados -, são 20.993 registros em 324 municípios.

“Estamos passando pelo período das chuvas, propícia para a proliferação do Aedes aegypti, então a recomendação da Sesa é para que a população mantenha os ambientes limpos, livres de entulhos e que sejam eliminados todos os pontos que possam acumular de água parada; lembrando ainda que estamos vivendo momento difíceis com a pandemia da Covid-19 e que todas as medidas preventivas para os dois agravos devem ser mantidas em benefício da saúde e da vida”, disse o secretário da Saúde, Beto Preto.

De acordo com o chefe da pasta, o Paraná está atento ao possível crescimento de casos, promovendo ações de orientação nos municípios. Nas primeiras semanas de janeiro, uma força-tarefa percorreu Sengés, na divisa com São Paulo, onde foram eliminados milhares de criadouros do mosquito transmissor da dengue, da zika e da febre chikungunya.

“Com isso, verificamos mais uma vez, que os criadouros estão principalmente em ambientes domésticos e reforçamos para que os paranaenses cuidem dos quintais não deixando nenhuma possibilidade para que a água fique acumulada em reservatórios e recipientes destampados”, destacou o secretário.

Nestas ações, quatro caminhões de lixo foram necessários para transportar os resíduos e entulhos retirados dos quintais e residências de Sengés.

+ Confira o boletim da Dengue no Paraná (19/01/2021)

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="740270" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]