Dengue: Paraná registra uma morte e 758 casos novos em uma semana

Redação

dengue, paraná, boletim, sesa, secretaria de estado da saúde do paraná, secretaria estadual da saúde, mortes, óbitos, casos confirmados, aedes aegypti

O boletim semanal da dengue, divulgado nesta terça-feira (29) pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) confirmou uma morte e 758 casos novos da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

Desde o início do atual período epidemiológico, iniciado em agosto de 2020, o Paraná acumula 29 óbitos e 25.123 casos confirmados. Além disso, existem 87.794 notificações e 6.640 em investigação.

Dos 399 municípios paranaenses, 360 já notificaram casos suspeitos e 286 confirmaram pelo menos um diagnóstico de dengue, três a mais do que no boletim passado. Há casos confirmados em todas as 22 regionais de saúde do Estado.

Entre todos os casos confirmados, apenas 50 foram contraídos fora do Paraná. O indicador confirma que o vírus circula com força em todas as regiões do estado.

As medidas de combate à dengue já são bem conhecidas e envolvem a eliminação de todos os pontos que possam acumular água parada como vasos de plantas, calhas, lajes, ralos, entre outros; estas ações devem ser diárias tantos nos ambientes domiciliares como nos locais de trabalho e áreas públicas.

A Secretaria da Saúde recomenda a verificação constante dos quintais e dentro das residências para a eliminação dos criadouros do mosquito da dengue, o Aedes aegypti.

“São mortes, internações e tratamentos que poderiam ser evitados com a adoção das medidas preventivas amplamente divulgadas, sendo a principal, a eliminação dos pontos que acumulem água parada nos ambientes internos e externos dos domicílios. O mosquito transmissor da doença, o Aedes aegypti, se prolifera nestes pontos”, disse o secretário de estado da Saúde, Beto Preto.

Confira o boletim completo da dengue no Paraná (boletim 38)

MORTES POR DENGUE NO PARANÁ

Nesta semana, uma morte foi incluída aos registros oficiais da dengue no Paraná. Considerando o ciclo epidemiológico iniciado em agosto do ano passado, o Estado acumula 29 óbitos.

A vítima mais recente é um homem de 78 anos, hipertenso, residente no município de Roncador, no centro-oeste do Paraná, a cerca de 430 km de Curitiba. O óbito aconteceu em abril.

As regionais de saúde que registraram mortes por dengue foram: Londrina (13), Foz do Iguaçu (5), Paranaguá (3), Maringá (3), Paranavaí (2), Campo Mourão (2) e Apucarana (1).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="772756" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]