82% das cidades do Paraná estão infestadas pela dengue

Angelo Sfair e Vinicius Cordeiro

dengue paraná

Dos 399 municípios do Paraná, 329 estão infestados pela dengue. Ou seja, 82% do estado vai sofrendo com a doença, de acordo com o boletim mais recente da Secretaria de Estado da Saúde.

O estudo também aponta para um avanço de 15% nos casos em uma semana. Os registros de dengue no estado saltaram de 454, na semana passada, para 524. Destes, 407 são autóctones (contraídos no município em que se vive) e 19, importados (contraídos em outras cidades).

Ao todo, desde o início do novo período epidemiológico, no dia 28 de julho, o Paraná notificou 4.375 casos da doença. Destes, 2.000 foram descartados e 1.851 estão em investigação.

Ainda de acordo com levantamento da Secretaria de Estado da Saúde, 73% dos criadouros do mosquito Aedes aegypti são encontrados dentro de casa ou em imóveis residenciais.

PARANÁ EM ALERTA

O estudo indica que 10 cidades estão em alerta de emergência. Douradina, Floraí, Florestópolis, Flórida, Indianópolis, Jesuítas, Lindoeste, Santa Isabel do Ivaí, São Carlos do Ivaí e Uraí, todas das regiões norte, noroeste e oeste. Nestes municípios, a situação já é considerada de emergência.

Já Londrina (796), Foz do Iguaçu (469) e Maringá (369 são as cidades com maior número de casos suspeitos notificadoss.

Para fechar, Londrina (32), São Miguel do Iguaçu (24), Maringá (24) e Foz do Iguaçu (22) têm o maior número de casos com autoctonia definida (auctones ou importados).

COMBATE À DENGUE

O índice faz com que as autoridades sanitárias reforcem o alerta para que a população ajude no combate, removendo todos os recipientes com água parada – como vasos de plantas, pneus, garrafas e até mesmo os recipientes de degelo dos refrigeradores.

Por fim, vale lembrar que o mosquito Aedes aegypti transmite a dengue e outras doenças, como zika vírus e febre chikungunya.

Previous ArticleNext Article