Dengue: mutirão para frear doença no PR conta com Exército e vistoria 5 mil casas

Redação

dengue mutirão paraná exército

Um mutirão contra a dengue vistoriou mais de 5 mil casas de 24 cidades do Paraná neste sábado (21). A ação, coordenada no Centro de Gerenciamento de Riscos e Desastres da Defesa Civil Estadual, contou com a presença de 280 soldados do Exército Brasileiro.

Além deles, também trabalharam 248 pessoas, entre radioamadores voluntários, militares e agentes estaduais e municipais de endemias.

Segundo o balanço mais recente da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), divulgado na semana passada, 49 mortes foram causadas pela dengue desde agosto de 2019, quando o período epidemiológico da doença começou. Além disso, nesse mesmo período, 65.524 pessoas foram diagnosticadas com a doença.

MUTIRÃO ELIMINA CENTENAS DE CRIADOUROS

5.707 imóveis foram vistoriados para verificar a existência de possíveis criadouros do mosquito Aedes Aegypti. No final das contas, 13 caminhões cheios de entulhos foram retirados.

“Eliminamos tecnicamente  centenas de criadouros da dengue e, desta forma tentamos reduzir a proliferação do mosquito”, ressalta o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

Além disso, a ação também serviu como forma de divulgação à população. Foram escolhidos os bairros com maior incidências de casos para que fosse possível revelar mais informações da dengue aos moradores.

SINTOMAS E TRATAMENTOS DA DENGUE

A dengue pode se apresentar da forma clássica ou grave, que exige leito de observação ou até internação. Contudo, a forma grave se inicia como a clássica, mas sinais de alerta surgem entre o terceiro e quinto dia, considerado o período crítico da doença.

Os sintomas clássicos são: febre alta com início súbito; dor de cabeça; dor atrás dos olhos, que piora com o movimento deles; perda de paladar e apetite; náuseas e vômitos; tonturas; cansaço extremo; manchas e erupções avermelhadas na pele similares ao sarampo; moleza e dor no corpo e dores nos ossos e articulações.

Já os sinais de alerta são: dores abdominais fortes e contínuas, vômitos persistentes; pele pálida, fria e úmida; sangramento pelo nariz, boca e gengivas; sonolência, agitação e confusão mental (principalmente em crianças); sede excessiva e boca seca; pulso rápido e fraco; dificuldade respiratória; perda de consciência.

Entretanto, tratando corretamente, a maioria dos casos de dengue tem cura.

Confira as cidades do Paraná que receberam o mutirão contra a dengue:

  1. Altônia;
  2. Alto Paraíso;
  3. Alto Piquiri;
  4. Braganey;
  5. Brasilândia do Sul;
  6. Cafezal do Sul;
  7. Colorado;
  8. Douradina;
  9. Floraí;
  10. Guaíra;
  11. Icaraíma;
  12. Itaguajé;
  13. Iretama;
  14. Ivaté;
  15. Jacarezinho;
  16. Lupionópolis;
  17. Marechal Cândido Rondon;
  18. Munhoz de Mello;
  19. Nova Olímpia;
  20. Ourizona;
  21. Ouro Verde do Oeste;
  22. Santa Fé;
  23. Tupãssi;
  24. Xambrê.

Previous ArticleNext Article