Detran-PR autoriza reinicio de aulas presenciais para cursos especializados

Redação


O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) autorizou a retomada de aulas de presenciais para cursos especializados no estado, como o transporte de cargas e de passageiros.

A portaria, assinada na última segunda-feira (28) pelo diretor-geral do Detran-PR, Wagner Mesquita, prevê o retorno imediato das atividades presenciais nos cursos especializados e de capacitação técnica em cargas perigosas, transporte de passageiros, condutores de transporte de emergência e cargas individualizadas.

A medida é vista com alívio para o setor de transporte de cargas e passageiros, que há seis meses estava com as portas das salas de aula fechadas para o atendimento de alunos em razão da pandemia da covid-19.

“São muitos profissionais aguardando pela volta dessas modalidades e com isso poderem tocar suas vidas profissionais. Nosso desafio agora é dar conta da demanda reprimida em meio ano sem as aulas. Em um primeiro momento as salas de aulas não poderão ter mais que 10 alunos”, explica o presidente da Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado do Paraná (Fetranspar) e do Sest Senat no estado, Coronel Sérgio Malucelli.

Ainda conforme a determinação do Detran-PR, a retomada presencial das atividades está condicionada ao uso obrigatório de máscaras de segurança e demais medidas estabelecidas nos protocolos de segurança sanitária emitidos pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) e núcleos de saúde dos municípios. “Essas medidas foram todas tomadas pelo Sest Senat no Paraná”, completa Malucelli.

NOVE MIL ALUNOS AGUARDAM QUALIFICAÇÃO ESPECIALIZADA 

Fora do período de pandemia, o Sest Senat forma em todo o estado perto de 1500 alunos nessas modalidades em um mês. Nesse período de pandemia do novo coronavírus, a estimativa é que ao menos 9 mil alunos estejam com as atualizações obrigatórias pendentes.

Apesar do retorno das atividades presenciais, uma das alternativas buscadas pelo Sest Senat para dar vazão à alta demanda reprimida é a autorização de cursos a distância (EAD).

“Desde o início da pandemia temos buscado uma solução junto ao Detran para que os profissionais pudessem seguir com suas atualizações obrigatórias. Uma das nossas propostas foi a realização do curso EAD para todas essas modalidades. Temos uma plataforma moderna e pronta para ser colocada em prática. Porém, dependemos de autorização do órgão governamental. O Detran informou que dará um posicionamento final para essa sugestão ainda neste mês de outubro”, conta Sérgio Malucelli.

Para se inscrever nos cursos de formação e nas primeiras turmas de reabertura os interessados devem acessar o site da entidade e escolher uma das unidades espalhadas pelo estado.

Previous ArticleNext Article