Mais de 40 lojas de Curitiba aderiram ao “Dia Sem Imposto”

Metro Jornal Curitiba


Quarenta e quatro lojas de Curitiba participam hoje do DLI (Dia Livre de Impostos), com a promessa de produtos até 40% mais baratos, sem a incidência da carga tributária. Neste ano, a brMalls, uma das maiores administradoras de shopping centers do mundo, decidiu participar da iniciativa do CDL (Clube de Diretores Lojistas) Jovem. Além de 43 lojas do Shopping Curitiba (Rua Brigadeiro Franco, 2.300 – Batel), também participará a livraria Bilu Teteita (avenida Anita Garibaldi, 1.530 – Ahú).

Entre os estabelecimentos que oferecerão produtos mais baratos estão lojas de roupas, sapatos, jóias e relógios, chocolates, livros, bolsas e malas, eletrônicos, bijuterias, utensílios para o lar, óculos, bebidas e produtos de cama a mesa, além de cinemas e restaurantes. A ideia do CDL Jovem é conscientizar os consumidores a respeito da carta tributária brasileira.

Segundo a entidade, entre os 30 países com as maiores cargas do mundo, o Brasil ocupa o 14º lugar, mas tem o pior retorno entre o grupo em termos de serviços. Um exemplo do efeito dos tributos, de acordo com o CDL, é o setor de produtos eletrônicos, onde 43% do valor final seria referente a impostos.

Neste ano, cerca de 2 mil lojistas vão participar do Dia Livre de Impostos em 125 cidades de 19 estados. R$ 1 trilhão O IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação) calcula que os brasileiros trabalham 145 dias por ano apenas para pagar impostos.

Neste ano, segundo a ACP (Associação Comercial do Paraná), o país atingiu a marca de R$ 1 trilhão arrecadados no dia 24 de maio – 11 dias mais cedo do que em 2018.

Previous ArticleNext Article