Empresas de valet podem ser obrigadas a informar onde estacionam carros

Mariana Ohde


As empresas do Paraná que oferecem serviço de estacionamento, conhecido como valet, podem ser obrigadas a informar aos clientes, por escrito, onde o carro será estacionado. O projeto de lei que determina essa obrigatoriedade foi aprovado em terceira discussão na Assembleia Legislativa (Alep) na sessão desta segunda-feira (27). Foram 43 votos a favor e nenhum contrário

Comum em casas noturnas, bares, restaurantes e shoppings, o serviço nem sempre estaciona os carros nos próprios estabelecimentos. De acordo com o autor do texto, deputado estadual Felipe Francischini (SD), o objetivo é dar mais tranquilidade aos donos dos carros. “Hoje, vemos que muitos valets não dão a localização exata do estacionamento do veículo e é um direito do consumidor saber onde está seu bem móvel”. O deputado ressalta casos em que os consumidores descobrem que seus carros foram estacionados na rua e afirma acreditar que o projeto vai valorizar o bom trabalho desempenhado por estabelecimentos que estacionam os veículos nos locais corretos.

O projeto aprovado determina também que o ticket entregue ao cliente apresente dados da empresa, identificação da marca, modelo e placa do carro, além de data e horário exatos em que o veículo foi recebido. A proposta ainda passa por redação final antes de ser enviada para análise do governador. Se sancionada, a lei entra em vigor assim que publicada em Diário Oficial.

De janeiro a junho deste ano, em todo o Paraná, as unidades do Procon realizaram 200 atendimentos relacionados a estacionamentos. Os clientes solicitaram informações e registraram reclamações. Por lei, as empresas não podem utilizar as vias públicas para estacionar os carros.

(Com informações da BandNews)

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal