Envolvidos em golpes contra fornecedores de mercados são alvos da polícia

A PCPR (Polícia Civil do Paraná) está nas ruas, desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (6), para cumprir 1..

Redação - 07 de outubro de 2021, 07:49

Divulgação/PCPR
Divulgação/PCPR

A PCPR (Polícia Civil do Paraná) está nas ruas, desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (6), para cumprir 16 ordens judiciais contra envolvidos em golpes contra fornecedores de produtos de mercado. Estima-se que o prejuízo gerado às vítimas tenha sido superior a R$ 1 milhão.

Ao todo são seis mandados de prisão temporária e 10 de busca e apreensão. As ordens judiciais estão sendo cumpridas na capital paranaense e Região Metropolitana de Curitiba.

Durante a investigação, a PCPR apurou que os estelionatários montavam mercados, em Pinhais, na RMC, e após coletarem as mercadorias de fornecedores fechavam os estabelecimentos.

Mais de 20 pessoas são vítimas da associação criminosa, entre fornecedores, funcionários e donos dos espaços lotados.