Escolas de Curitiba são interditadas por descumprir decreto durante pandemia

Duas escolas privadas de Curitiba foram fechadas por estarem funcionando durante a pandemia do coronavírus. As ações for..

Redação - 28 de abril de 2020, 16:27

Movimentação no centro de Curitiba, pessoa com mascara para prevenir o  Coronavirus
Foto: Geraldo Bubniak/AGB
Movimentação no centro de Curitiba, pessoa com mascara para prevenir o Coronavirus Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Duas escolas privadas de Curitiba foram fechadas por estarem funcionando durante a pandemia do coronavírus. As ações foram feitas pela Vigilância Sanitária, da Secretaria Municipal da Saúde, após denúncias feitas pela Central 156 da prefeitura.

Conforme os decretos municipal e estadual, todas as aulas estão suspensas - seja na rede de ensino público ou privado. Ontem, o prefeito Rafael Greca (DEM) prorrogou a suspensão das aulas nas escolas municipais até o início de agosto.

Uma das escolas interditada fica no bairro Pinheirinho. A instituição estava funcionando com 13 crianças com faixa etária entre cinco e seis anos.

Já a outra instituição fica em Santa Felicidade, que teve seu fechamento determinado pela vigilância no dia 15 de abril.

Além de estarem funcionando, também foi constatado que elas não atendias critérios sanitários básicos. Os agentes encontraram a falta de pia para a lavagem das mãos na cozinha e sala de amamentação, por exemplo.

"Nossa fiscalização está atenta, priorizando casos mais graves de descumprimento das recomendações, dos decretos e das regulamentações feitas para evitar a transmissão do novo coronavírus", diz a secretária municipal da Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak.