141 estações tubo serão reformadas nos próximos dois anos em Curitiba

141 estações tubo de Curitiba serão reformadas nos próximos dois anos pela Urbs (Urbanização de Curitiba S.A). O foco da..

Redação - 05 de março de 2020, 19:45

Lucilia Guimarães/SMCS
Lucilia Guimarães/SMCS

141 estações tubo de Curitiba serão reformadas nos próximos dois anos pela Urbs (Urbanização de Curitiba S.A). O foco das intervenções será o piso das instalações, sendo que muitas estações foram implantadas há mais de duas décadas.

Somente neste mês serão reformadas 60 estações tubos, 18% das 331 estações totais em Curitiba. O custo da reforma está avaliado em R$ 1 milhão em 12 meses.

A primeira obra será na estação tubo da Praça Oswaldo Cruz, no sentido Santa Cândida. As intervenções começam nesta sexta-feira (6) e vão durar até este domingo (8). Por esse motivo, o local estará impossibilitado de receber passageiros nesses dias.

"As interdições deverão ser realizadas na sexta e nos fins de semana, para evitar o desconforto dos passageiros durante a semana, quando há mais movimento", explicou o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

Toda obra será sinalizada com uma semana de antecedência aos usuários. A Urbs prevê realizar cinco obras por mês, sendo que as próximas estações tubo a receberem as intervenções serão a Presidente Kennedy, Praça Rui Barbosa, sentido Bairro Novo, e a Sebastião Paraná, sentido Capão Raso.

O cronograma e as estações tubo que irão passar pelas reformas podem ser acompanhadas neste link.