Estado garante R$ 30 milhões para o Hospital de Câncer de Umuarama

Mariana Ohde


O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, assinou nesta quarta-feira (22) o contrato de prestação de serviços com o Hospital do Câncer de Umuarama. A medida assegura o repasse de até R$ 30 milhões por ano à unidade, que é referência para o atendimento a pacientes do SUS na área de oncologia e demais especialidades.

O valor é referente a remuneração por procedimentos hospitalares e ambulatoriais realizados pelo SUS e será pago pelo Estado mediante apresentação de relatórios mensais de produção. “Trata-se de mais uma ação do governo para ampliar a oferta de consultas, exames, cirurgias e internações aqui na região noroeste. Com esses recursos, será possível que o hospital aumente significativamente sua capacidade de atendimento em média e alta complexidade”, ressaltou o secretário.

Inaugurado em março deste ano pelo governador Beto Richa, o Hospital do Câncer de Umuarama foi construído com recursos do Governo do Paraná, da União e da comunidade. Ao todo, o Estado investiu cerca de R$ 14 milhões para viabilizar a obra e apoiar na aquisição de equipamentos.

Com 18,1 mil metros quadrados, o hospital conta com 309 leitos, sendo 20 de UTI adulto, 195 de internação, 60 de casa de apoio e 34 para outros atendimentos. Existem ainda oito alas de internação, dois ambulatórios de consulta, nove salas cirúrgicas, farmácia, lavanderia, serviço de nutrição, almoxarifado, refeitório e outras áreas administrativas. Atualmente, cerca de 50% desta estrutura já está sendo utilizada.

Segundo o presidente da União Oeste Paranaense de Estudo e Combate ao Câncer, Ciro Kreuz, o repasse do Estado vai permitir que a unidade de Umuarama se consolide como um dos principais hospitais vinculados ao SUS do noroeste. “Com a parceira do governo estadual, teremos segurança para manter o atendimento gratuito à população. Nosso objetivo é oferecer o que há de melhor no tratamento do câncer e outras especialidades”, disse.

Atendimentos

Em três meses de funcionamento, o hospital vem aumentando o número de atendimentos gradativamente. De acordo com o último balanço da Uopeccan, a unidade de Umuarama fechou o mês de maio com a realização de 1.479 consultas, 171 internações, 107 cirurgias e 1.372 atendimentos no Centro de Diagnóstico por Imagem, que inclui exames de tomografia, colonoscopia e endoscopia, raio-X e mamografia.

A primeira unidade da Uopeccan foi criada há 16 anos, no município de Cascavel, e hoje é responsável pelo atendimento diário de quase 600 pessoas por dia. Com o aumento da demanda, a instituição decidiu instalar em Umuarama seu segundo hospital, que agora atende também pacientes vindos de municípios das regiões de Umuarama, Cianorte, Paranavai e também do Mato Grosso do Sul.

Ambulâncias

Durante encontro com prefeitos, em Umuarama, o secretário Michele Caputo Neto também entregou três ambulâncias para recompor a frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o Samu Noroeste. A ação beneficia a população dos 85 municípios de abrangência do serviço, que atua no resgate e atendimento pré-hospitalar dos casos de urgência e emergência.

Embora a atribuição de substituir e fornecer ambulâncias do Samu seja do governo federal, o Estado investiu quase R$ 300 mil na aquisição dos veículos. “Não podemos deixar que a população sofra com a falta de ambulâncias. Na área de urgência e emergência, cada minuto é importante para se salvar uma vida”, ressaltou Caputo Neto.

O prefeito de Umuarama e presidente do consórcio que gerencia o Samu Noroeste, Moacir Silva, agradeceu o secretário pela iniciativa e destacou a importância do repasse extra de R$ 1 milhão que o estado fará na quinta-feira (23) como apoio de custeio ao serviço. O aporte extra é uma medida emergencial para socorrer o consórcio de municípios, que tem que arcar com a maior parte do financiamento do serviço. A intenção é auxiliar no pagamento de despesas de custeio, evitando a interrupção do atendimento à população.

Somente nos quatro primeiros meses deste ano, o Samu Noroeste atendeu cerca de 18,3 mil ocorrências. Foram pelo menos 5,1 mil orientações clínicas e 13,2 mil atendimentos que necessitaram de deslocamento de ambulância ou UTI móvel.

Equipamentos

Cumprindo agenda na região noroeste, Caputo Neto entregou ainda uma série de equipamentos para reforçar a estrutura de três unidades hospitalares em Umuarama. Foram beneficiados o Hospital da Norospar, o Hospital Cemil e o Instituto Nossa Senhora Aparecida, todos com atendimento público pelo SUS.

Entre os aparelhos cedidos pelo Estado estão itens como incubadora, oxímetro de pulso, ventilador mecânico para UTI, cardiotocógrafo, ambu e desfibrilador. O investimento ultrapassa a marca de R$ 250 mil.

O evento marcou também a entrega oficial de 90 veículos para todos os 21 municípios de abrangência da 12ª Regional de Saúde. São ambulâncias, carros, vans e motos que serão utilizadas para o transporte de pacientes e também para o deslocamento das equipes de vigilância em saúde. Os recursos são dos programas ApSUS e VigiaSUS, do Governo do Estado, e somam cerca de R$ 6,6 milhões.

(Com informações da AEN)

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal