Estudante de Ponta Grossa está entre os finalistas de uma maratona virtual da NASA

Um estudante de jornalismo de Ponta Grossa faz parte da equipe finalista da maratona virtual da Agência Espacial Norte A..

Angela Luvisotto - BandNews FM Curitiba - 12 de junho de 2020, 13:56

Foto: Divulgação/UEPG
Foto: Divulgação/UEPG

Um estudante de jornalismo de Ponta Grossa faz parte da equipe finalista da maratona virtual da Agência Espacial Norte Americana, a NASA. Heryvelton Martins, aluno da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), criou um projeto para transformar lixo reciclável em distribuição de água potável para quem precisa.

O projeto do estudante paranaense se chama “CashBack Water” e foi o finalista na categoria Nova Perspectiva do Nasa Space Apps Challenge Brazil, que propôs desafios para enfrentar problemas causados pela pandemia da Covid-19. Heryvelton é parte da equipe denominada “Megazord” que tem seis participantes de diferentes estados brasileiros.

O projeto deles é um aplicativo que indica os pontos de coleta do lixo reciclável. A cada depósito, o usuário ganha um crédito ou pontos para trocar por água potável. A solução propõe ainda que o material reciclado arrecadado seja destinado para criar ferramentas novas que possam ser usadas em hospitais ou no espaço pelos astronautas. O programa da Nasa é um hackathon e cada equipe teve 48 horas para elaborar os projetos que solucionassem problemas decorrentes da pandemia do coronavírus no mundo inteiro. Toda a etapa da maratona foi feita pela Internet e aconteceu entre os dias 30 e 31 de maio.

De acordo com os organizadores do evento, a etapa brasileira teve 6 mil inscritos, divididos em 500 equipes. No Brasil, 707 cidades participaram do hackathon. A maratona elegeu 12 finalistas que vão participar da etapa global do programa. Os vencedores vão ser divulgados em agosto. O prêmio é um convite para visitar o Centro Espacial Kennedy, nos Estados Unidos.

Leia também: Advogado morto em posto de Curitiba abriu ação contra Moro, mas polícia nega relação