Estudantes ocupam núcleo de educação em Curitiba

Um grupo de 60 estudantes secundaristas ocuparam, na manhã desta segunda-feira (31), o Núcleo Regional de Educação, no c..

Narley Resende - 31 de outubro de 2016, 12:54

Um grupo de 60 estudantes secundaristas ocuparam, na manhã desta segunda-feira (31), o Núcleo Regional de Educação, no complexo do bairro São Francisco, em Curitiba, onde também funciona o Paraná Previdência e setores da Secretaria de Estado da Educação.

Segundo o movimento estudantil, o ato é uma resposta às tentativas de desocupação das escolas, além de reforçar a luta contra a PEC 241 e a Medida Provisória do Ensino Médio.

“Contra as MP's, contra a PEC. A gente acredita que a educação precisa ser reformulada, mas de acordo com a indicação de especialistas em educação; e com assembleias, com alunos e professores. Nenhum foi consultado (pelo governo federal", disse um dos alunos que preferiu não ser identificado.

Para não serem identificados, alguns estudantes usaram máscaras no ato da ocupação. Segundo o membro do grupo, os estudantes estão com medo de retaliações de movimentos contrários.

"O que assusta mais é a perseguição e a retaliação. Todos aqui já foram prejudicados por retaliações de pessoas que não tem a mínima noção de civilidade. Movimentos, como Movimento Brasil Livre, que perseguem estudantes e atacam todos. Esses movimentos que nos prejudicam e nos fazem tampar as caras", disse.

A Polícia Militar foi acionada, mas não houve confronto. De acordo com o coronel Antonio Zanatta Neto, houve acordo para que o protesto não cause danos ao patrimônio.

"Alegaram que vão continuar com a manifestação de forma pacífica. Nós tivemos esse compromisso de todo o grupo", declarou o coronel.

De acordo com a polícia, serviços não relacionados ao Núcleo de Educação serão mantidos no prédio parcialmente ocupado. "As pessoas que aqui estão buscando, ou que vem buscar um atendimento, sejam atendidas. Nós estabelecemos contatos com o grupo, justamente para garantir às pessoas que aqui virão terão acesso, sim, ao sistema. Também àqueles que trabalham aqui, eles vão permitir a entrada. Nós vamos intermediar", disse Zanatta.

Não haverá tentativa de desocupação enquanto a Justiça não se manifestar, garante o coronel. "As outras tratativas da desocupação estamos aguardamos as tratativas do Ministério Público e do Poder Judiciário. E nós, enquanto Polícia Militar, vamos assegurar a integridade física das pessoas que por aqui estão vindo. Igualmente, eu pedi a eles que não ocorra a depredação do patrimônio".

Ocupações

De acordo com o último balanço da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) são 1.177 locais ocupados em todo o país. Não há um balanço nacional oficial. Os números locais, no entanto, são diferentes. É o caso do Paraná, por exemplo, onde a Ubes diz que há 843 estabelecimentos. enquanto a Secretaria de Educação fala em 315 escolas ocupadas e 538 escolas desocupadas até a manhã desta segunda.

O Colégio Estadual do Paraná, o maior do estado, também está na lista de reintegrações de posse concedidas pela Justiça, mas os estudantes decidiram, em uma assembleia realizada no domingo (30), que vão manter a ocupação.

Os estudantes que fazem as ocupações são contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241/2016. A PEC limita os gastos do governo federal pelos próximos 20 anos. Estudos mostram que a medida pode reduzir os repasses para a área de educação que, limitados por um teto geral, resultarão na necessidade de retirada recursos de outras áreas para investimento no ensino. O governo defende a medida como um ajuste necessário em meio à crise que o país enfrenta e diz que educação e saúde não serão prejudicadas.

Eles também são contra a reforma do ensino médio, proposta pela Medida Provisória (MP) 746/2016, enviada ao Congresso. Para o governo, a proposta irá acelerar a reformulação da etapa de ensino que concentra mais reprovações e abandono de estudantes. Os alunos argumentam que a reforma deve ser debatida amplamente antes de ser implantada por MP, que começa a vigorar imediatamente.