Estudantes e funcionários ocupam reitoria da UFPR para denunciar abusos trabalhistas

Alunos e servidores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) ocupam o prédio da reitoria, em Curitiba, desde o início da..

Fernando Garcel - 10 de abril de 2018, 15:14

Alunos e servidores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) ocupam o prédio da reitoria, em Curitiba, desde o início da tarde desta terça-feira (10). De acordo com a organização da manifestação, o ato é contra a "perseguição política" de trabalhadores terceirizados do Restaurante Universitário (RU) da instituição e a recontratação destes funcionários.

No Facebook, um evento foi criado para mobilizar os estudantes pela causa. "A demissão de trabalhadores terceirizados, o aumento da exploração demonstrada no inferno vivido dentro dos RUs e agora a perseguição política por parte dos engravatados da Reitoria são os sintomas de uma universidade em desmonte", diz o evento.

Há cerca de uma hora, a Frente de Apoio à Luta das Trabalhadoras e Trabalhadores Terceirizados (FALTT) assumiu a autoria da ocupação. Entre as justificativas, o grupo aponta que desde o início dos trabalhos neste semestre houve cortes de funcionários e a sobrecarga de trabalho causou desgastes físicos e mentais que colaboraram para quatro acidentes de trabalho em uma semana.

"A ocupação será mantida até que a universidade cumpra com suas competências de fiscalização dos abusos trabalhistas e exija a reintegração dos trabalhadores demitidos por motivos políticos. A ocupação do Departamento de Serviços Gerais não tem previsão de desocupação até que os trabalhadores sejam reintegrados", diz a nota.

Protesto em Brasília

Ainda segundo os organizadores, o ato ocorre simultaneamente com a manifestação dos estudantes da Universidade de Brasília (UnB). Na capital federal, estudantes protestam contra o sucateamento das universidades públicas e a crise financeira da instituição. Cerca de 200 funcionários terceirizados teriam sido demitidos após um corte orçamentário, de acordo com as organizações estudantis.