Evangélico tenta identificar paciente internado em estado grave

O Hospital Evangélico de Curitiba tenta identificar um paciente internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da insti..

Andreza Rossini - 21 de setembro de 2018, 17:46

Foto: ANPr
Foto: ANPr

O Hospital Evangélico de Curitiba tenta identificar um paciente internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da instituição, em estado grave.

O homem, de 30 anos, está no hospital desde o dia 17. Ele foi socorrido pelo Siate após ser encontrado desacordado em uma rua do município Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba. A suspeita é que ele tenha sido vítima de agressão;

O paciente tem 1,80m de altura, é magro, pele cor parda e possui várias tatuagens pelo corpo, sempre com nomes de pessoas. No lado direito do pescoço, está escrito o nome “Eliane”. No lado esquerdo do pescoço, foi gravado “João Henrique”. “Paola” foi escrito no braço direito e “Samara” na mão direita. Já no pé direito foi identificada a frase “Deus é fiel”. Na mão esquerda, há outros dois nomes: “Rosana” e “Sayany”. No antebraço esquerdo foi tatuado o nome “Amanda”.

Caso haja informações sobre o paciente, o contato pode ser feito via setor de Serviço Social do HUEC nos telefones 3240-5285 ou 3240-5089.