Índice de evasão escolar em Paranaguá é de 10%; programa pretende diminuir esse número

Kelly Frizo - BandNews FM Curitiba

A tecnologia será uma aliada no combate à evasão escolar no Paraná. O programa “Presente na Escola”, do Governo do Estado, pretende garantir que todos os alunos estejam em sala de aula.

O programa funcionará de maneira integrada com dois aplicativos: o “Registro de Classe”, que permite ao professor realizar a chamada off-line pelo celular e o “Escola Paraná”, que envia mensagens diárias para os pais ou responsáveis sobre a frequência do aluno.

Com essa base de dados, serão gerados relatórios diários por escola e por série. O relatório vai informar, por exemplo, quais são os alunos mais faltosos.

A promotora pública Luciana Lindero, do Centro de Apoio das Promotorias da Criança, do Adolescente e da Educação do Ministério Público do Paraná, ressaltou que manter o aluno na escola é uma importante medida para combater a violência.


Com 68 escolas estaduais e 26.510 estudantes, o litoral do estado apresenta em média, uma evasão de apensas 3%. Segundo a chefe do Núcleo Regional de Educação, Isabel Cristina Vieira, em Paranaguá, esse índice é de 10%.

O diretor do colégio estadual Bento Munhoz da Rocha Neto, de Paranaguá, Everton Vieira Borges, conta que o problema da evasão escolar está ligado à vulnerabilidade social e, quando necessário, há integração com a rede de proteção, composta pelo Conselho Tutelar, Ministério Público, entre outros órgãos.

Segundo dados da Secretaria de Educação, no ano passado, 8,23% dos estudantes matriculados no Ensino Médio Regular abandonaram os estudos; no Ensino Fundamental esse percentual foi de 2,04%. Em 2018, dos cerca de 1 milhão de alunos matriculados na rede estadual de ensino, 89 mil alunos abandonaram a escola no Paraná.

Post anteriorPróximo post