Evento religioso com mais de 2 mil pessoas é interrompido em Curitiba

Jorge de Sousa

Evento religioso com mais de 2 mil pessoas é interrompido pela PM em Curitiba

Um evento religioso com mais de 2 mil pessoas foi interrompido pela Polícia Militar na noite desta quarta-feira (24), no bairro Batel, em Curitiba.

A ação contou com o apoio da Guarda Municipal de Curitiba e de fiscais da Secretaria Municipal do Urbanismo, que foram até o local após denúncias recebidas pela Central 156 e pelo 190.

O evento chamado de “Noite de Abraão” foi realizado na Igreja Mundial do Poder de Deus e violou diversas regras estabelecidas pela Prefeitura de Curitiba e pelo Governo do Paraná durante a pandemia da Covid-19.

Além da aglomeração com milhares de presentes, diversos fiéis e funcionários da Igreja Mundial do Poder de Deus não estavam usando máscara no local.

Segundo a Polícia Militar, o promotor do evento foi encaminhado para a Polícia Civil para assinar termo circunstanciado e pode ser indicado por crime contra a saúde pública.

A Igreja Mundial do Poder de Deus e os demais promotores do evento religioso ainda podem ser multados em até 150 mil pelo descumprimento das medidas sanitárias contra a Covid-19.

Vale lembrar que a Secretaria Municipal da Saúde anunciou nesta quarta-feira a retomada das medidas restritivas previstas na bandeira laranja em Curitiba.

A capital paranaense registra nesta quarta-feira, 93% de ocupação nos leitos de UTI, com apenas 27 espaços vagos para o atendimento de casos graves da Covid-19.

Veja o vídeo da aglomeração em evento religioso na Igreja Mundial do Poder de Deus em Curitiba

Crédito do vídeo: Eduardo Matysiak/FuturaPress/Folhapress

LEIA MAIS: Covid-19: Busca por leitos aumentou 700% no Paraná; 14 cidades não têm mais UTIs

Previous ArticleNext Article