Ex-namorado de jovem encontrada morta em canavial vai a júri popular

Vai a júri popular, nesta terça-feira (21), o homem, de 26 anos, acusado me matar a ex-namorada, em Artorga, na região n..

Francielly Azevedo - 21 de maio de 2019, 07:15

Foto: Reprodução Facebook
Foto: Reprodução Facebook

Vai a júri popular, nesta terça-feira (21), o homem, de 26 anos, acusado me matar a ex-namorada, em Artorga, na região norte do Paraná. Douglas da Silva Conceição é réu confesso da morte jovem Jaqueline Vaz, que tinha 21 anos quando foi assassinada em fevereiro de 2017.

A vítima era modelo e estudante de pedagogia. O corpo dela foi encontrado em um canavial em uma estrada rural de Iguaraçu, cerca de 18 quilômetros de onde a jovem morava.

Conforme as investigações, Douglas pôs fim a vida da ex-namorada porque não aceitava o fim do relacionamento, que durou cerca de 10 meses. O rapaz confessou o crime e justificou que o cometeu por ciúmes.

Segundo a perícia, ela foi estrangulada e teve o corpo colocado no porta-malas do carro de Douglas. O rapaz chegou a participar das buscas com a família de Jaqueline.

A modelo deixou um filho de três anos, de outro relacionamento.