Ex-vereador morre após ligação de falso sequestro no Paraná

Redação e Lorena Pelanda - BandNews FM Curitiba

vereador paraná

Disnei Leugi, vereador de Apucarana entre 1989 e 1992, morreu na madrugada de hoje (6) após sofrer um infarto fulminante após receber uma ligação, e ouvir que sua filha, seu genro e suas três netas haviam sido sequestrados. Entretanto, os familiares do ex-político estão bem e sofrem a perda de Leugi. O caso aconteceu na região centro-norte do Paraná.

Ele estava com 77 anos e tinha problemas no coração. Além disso, ele passou por uma cirurgia recentemente. Até o momento, a família do ex-vereador não registrou o boletim de ocorrência sobre o caso.

O enterro dele está marcado para às 9h da manhã desta terça (7), no Cemitério Cristo Rei.

A Câmara Municipal de Apucarana lamentou a morte do antigo parlamentar e prestou condolências aos familiares e amigos.

“Construiu uma história exemplar de muito trabalho e dedicação ao município. (…) Apaixonado pela cidade, Disnei, um homem íntegro, humano, que lutou por grandes causas, especialmente na área da educação”,

*NOTA DE PESAR*A Câmara Municipal de Apucarana lamenta com profundo pesar o falecimento do ex-vereador Disnei Leugi,…

Publicado por Câmara Municipal de Apucarana em Segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

ORIENTAÇÕES DA PCPR

A Polícia Civil do Paraná alerta que quase a totalidade das pessoas que recebem ligações telefônicas desse tipo está sendo vítima de um golpe, e que não há nenhuma pessoa em poder desses falsos sequestradores. A orientação é não efetuar nenhum pagamento diante de uma ameaça por telefone, e procurar fazer contato com a suposta vítima.

Outra dica é pedir para o golpista perguntar algo que só o familiar saiba, como o nome do cachorro ou o time de futebol para que torce. A Polícia Civil também pede que os casos sejam comunicados à delegacia para o registro de um boletim de ocorrência, para que os golpistas sejam identificados e presos.

Previous ArticleNext Article