Explosão causa interdição de duas casas no Capão Raso, em Curitiba

Segundo a Prefeitura de Curitiba, a suspeita da causa da explosão - que resultou na morte de uma mulher - é de um vazamento de gás de cozinha na residência.

Redação - 13 de julho de 2022, 18:05

Foto: Luiz Costa/SMCS
Foto: Luiz Costa/SMCS

A explosão registrada na noite de ontem resultou na interdição de duas casas no bairro Capão Raso, em Curitiba. Os imóveis tiveram a estrutura afetada pela explosão e correm risco de desabamento. 

A equipe da Cosedi (Coordenadoria de Segurança de Edificações e Imóveis), da Prefeitura, foi a responsável pelo trabalho de inspeções durante essa quarta-feira (13). 

Além das casas, a Escola Municipal Umuarama também foi atingida. O muro, a parede dos fundos e o telhado da escola foram afetados. 

Contudo, de forma geral, as salas de aula permaneceram intactas e sem grandes riscos. Diante de todo o cenário, apenas uma turma do 5º ano deve ser remanejada para uma outra unidade educacional após o fim do recesso escolar, marcado para o dia 26.

Segundo a Prefeitura de Curitiba, a suspeita da causa da explosão é de um vazamento de gás de cozinha na residência. Uma pessoa morreu no episódio.

Ao longo desta quarta-feira, equipes da Guarda Municipal, da Defesa Civil, da Fundação de Ação Social (FAS), da Administração Regional do Pinheirinho e da Cosedi fizeram o isolamento do local e o primeiro atendimento aos moradores afetados.

De acordo com o coordenador técnico da Cosedi, Marcelo Alexandre Solera, os moradores não ficarão totalmente impedidos de frequentar as casas.

“É uma interdição parcial apenas de alguns cômodos das residências. Os moradores não podem usar esses espaços para moradia, mas eles estão liberados para que sejam feitos os reparos necessários junto de um profissional especializado”, disse ele.

EXPLOSÃO EM SOBRADO DE CURITIBA

Uma mulher de 43 anos morreu soterrada após uma explosão em um sobrado no bairro Capão Raso, em Curitiba, na noite de terça-feira (12). O acidente ocorreu por volta das 22 horas na Rua José Zaleski.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a explosão teria sido causada por um vazamento de gás de cozinha,.

Diversas equipes da corporação foram acionadas para o atendimento da ocorrência. O sobrado ficou completamente destruído após a explosão.

"Havia ocorrido uma explosão seguida de incêndio. Quando chegamos ao local a estrutura já estava colapsada, e havia chamas na residência, com uma vítima ferida e outra vítima no interior da residência", relatou o Capitão Rodrigo Siloto, em entrevista à Band TV.

Os trabalhos das guarnições avançaram pela madrugada desta quarta-feira (13). Apesar dos esforços das equipes, a moradora que ficou sobre os escombros não resistiu aos ferimentos.

"Tivemos dificuldade de acesso, foi um trabalho manual para localizar a vítima, por não podermos trabalhar com equipamento pesado, para preservas as condições da vítima e tentar encontra-la com vida", completou o capitão dos Bombeiros.