Explosão em treinamento deixa policiais feridos na região de Curitiba

Dois policiais militares ficaram feridos, nesta quinta-feira (20), após explosão durante um treinamento na Academia Poli..

Francielly Azevedo - 21 de setembro de 2018, 07:39

Operação do BOPE saida do QG
Curitiba, 06/08/2015
Ten Fadel
Fotos: Cabo Valdemir da Luz
Operação do BOPE saida do QG Curitiba, 06/08/2015 Ten Fadel Fotos: Cabo Valdemir da Luz

Dois policiais militares ficaram feridos, nesta quinta-feira (20), após explosão durante um treinamento na Academia Policial Militar do Guatupê, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Com o acidente, um dos militares teve a mão amputada.

De acordo com o capitão do Batalhão Operações Policiais Especiais (BOPE), Sérgio Augusto Silva, o soldado, de 37 anos, e o sargento, de 40 anos, estavam organizando o cenário para treinamento do "Curso técnico explosivista", quando o acidente aconteceu. "Eles estavam preparando o cenário onde seria ministrado a instrução, enquanto os alunos aguardavam em sala de aula", disse.

Os dois militares são do Esquadrão Antibombas do BOPE. O capitão conta que os cursos são frequentes e a atividade acontecia normalmente. "Eles são experientes na área, trabalham no batalhão há bastante tempo, têm conhecimento da matéria que estavam ministrando, mas infelizmente aconteceu essa fatalidade", lamentou.

Os dois tiveram ferimentos e foram encaminhados ao Hospital do Trabalhador. "Saíram vivos. Com lesões nas mãos, pernas e estilhaços pelo corpo. Em virtude da proximidade da detonação houve a amputação de parte da mão, alguns dedos", contou o capitão sobre as informações repassadas pelos médicos.

A Polícia Militar informou que vai instaurar um inquérito para apurar o acidente. O material utilizado no treinamento é adquirido em empresas ou por doações.