Farmácias começam a realizar testes da Covid-19 no Paraná

Lorena Pelanda - BandNews FM Curitiba

coronavírus, pandemia, covid-19, paraná, testes, exames, casos suspeitos, pacientes

A partir de agora é possível fazer testes para identificar o coronavírus em farmácias. Nesta semana, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou esse tipo de exame nesses estabelecimentos. No Paraná, a rede de farmácias Nissei é a primeira do Estado a disponibilizar o serviço. Os exames são feitos por farmacêuticos capacitados e os resultados são gerados por meio de laudos laboratoriais. A princípio o teste está disponível na farmácia 24 horas do Alto da XV.

De acordo com a responsável pelos Serviços Avançados Nissei, Regina Molinari, os exames devem ser agendados e são feitos no sistema drive-thru. A realização dos testes é simples: o interessado deve fazer o agendamento no site examesnissei.com.br, preencher os dados e escolher um horário, das 8h às 18h. Os exames estarão sendo realizados todos os dias nesse primeiro momento.

“Depois de escolher o horário, a pessoa deve se dirigir até a filial Nissei no Alto da XV. Não é necessário sair do carro para realizar a coleta, isso dá mais segurança para quem vai realizar o exame e para os nossos colaboradores. O exame é indicado para quem estiver apresentando os sintomas do coronavírus e o resultado sai em 20 minutos”, explica Molinari.

O Ceo da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma),  Sergio Mena Barreto, afirma que todos os testes são aprovados e devem ajudar a conter a pandemia.

A medida segue uma recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde), que definiu a testagem em massa como um importante instrumento no combate à pandemia da Covid-19. O farmacêutico é o profissional responsável por realizar o teste nas farmácias e deve seguir protocolos já previstos pelo próprio Ministério da Saúde e da Anvisa.

“Os testes que serão utilizados também são registrados na Anvisa, e os resultados deverão ser registrados no sistema próprio do Ministério da Saúde, que tem essa finalidade. Nós garantimos que os testes e as testagens que serão realizados na população brasileira vão seguir os padrões rigorosos de qualidade a nível mundial”, afirma o Ceo da Abrafarma.

O exame rápido é indicado aos pacientes que estejam há mais de cinco dias apresentando sintomas, já que o teste constata a doença a partir da presença de anticorpos do coronavírus no organismo.  Na Nissei, o exame custa R$180,00.

Leia também: Bolsonaro é recebido com panelaços e aglomeração de militantes em Porto Alegre

Previous ArticleNext Article