Farmácias Públicas do Paraná adotam medidas para evitar coronavírus

Pacientes com febre, tosse ou dificuldade para respirar não devem ir às unidades das Farmácias Públicas do Estado, segun..

Leonardo Gomes - BandNews FM Curitiba - 18 de março de 2020, 14:55

Arnaldo Alves / AEN
Arnaldo Alves / AEN

Pacientes com febre, tosse ou dificuldade para respirar não devem ir às unidades das Farmácias Públicas do Estado, segundo recomendação da Secretaria Estadual da Saúde. A orientação é que usuários autorizem outra pessoa para retirar os medicamentos.

Além disso, 23 unidades da Rede Estadual estão atendendo os usuários apenas em horário agendado e somente uma pessoa pode entrar nas farmácias, é o que explica a coordenadora de Assistência Farmacêutica da Secretaria, Deise Pontarolli.

"Precisamos manter o atendimento e o fornecimento dos medicamentos para quem está em tratamento de doença crônica, mas também devemos evitar aglomerações", afirma a coordenadora.

Leia também: Coronavírus: General Heleno é a 16ª pessoa da comitiva presidencial com a doença 

O Paraná tem hoje mais de 262 mil usuários cadastrados no sistema das farmácias, que buscam remédios padronizados pelo SUS ou via demanda judicial. A distribuição antecipada de medicamentos também está sendo feita pelas farmácias do Estado, de acordo com a disponibilidade dos estoques.

A coordenadora conta, ainda, que a Secretaria prevê a ampliação da entrega de medicamentos no domicílio. De acordo com ela, as farmácias do estado tem foco em medicamentos não refrigerados e que não precisam de controle especial. Além disso, há possibilidade de fornecimento e entrega a domicílio, mas a escolha pela adesão do serviço sempre fica a critério do paciente.

"Queremos intensificar esse serviço em Curitiba e em outras cinco farmácias, focando em grupos de medicamentos com o maior número de usuários. Isso ajudaria na desconcentração da ida das pessoas às farmácias", diz.

A Secretaria da Saúde também estuda ajustes no sistema de informação para que os processos de medicamentos com vigência até março, abril e maio sejam renovados de forma automática, sem a necessidade de deslocamento até a farmácia.