Em noite de frio, FAS encaminha 71 pessoas para abrigo em Curitiba

Andreza Rossini e Assessoria

Com o frio intenso da noite desta quinta-feira (9) e madrugada de sexta (10), aumentou o número de pessoas em situação de rua que aceitaram ser encaminhadas para abrigos após abordagens das equipes de resgate social. De acordo com a prefeitura, as unidades ficaram quase lotadas.

Das 18h às 7h, as equipes da Fundação de Ação Social (FAS) abordaram 124 pessoas nas ruas da cidade – 71 delas aceitaram atendimento e 53 recusaram.

Dois idosos que estavam desaparecidos foram localizados pelos educadores sociais, no Centro e no Boqueirão, e levados até suas famílias. Uma pessoa precisou de atendimento médico e foi encaminhada para uma unidade de pronto-atendimento pelo Samu.

Com isso, subiu para 129 o número de pessoas que, desde a noite de quarta-feira (8), concordaram em passar as madrugadas frias nas casas de passagem municipais. Nessas unidades, os usuários têm acesso a banho, roupas limpas, alimentação e cama quente.


Abrigos

As pessoas que aceitaram abrigo foram levadas pelos educadores sociais para as casas de passagem Jardim Botânico, Rebouças, Bairro Novo e Plínio Tourinho. Juntas, elas concentram 520 das 907 vagas existentes nas 12 unidades oficiais de acolhimento do município para a população em situação de rua. Caso essas vagas fossem insuficientes, o excedente poderia ser levado a uma das seis unidades conveniadas à Prefeitura, que mantêm 281 vagas.

A coordenadora de Resgate Social da FAS, Vanessa Resquetti Pereira, explica que o trabalho intensificado de abordagem social conta com sete equipes que trabalham das 18h às 23h dando suporte à Central de Abordagem Social, que atende as demandas de toda a cidade 24 horas por dia. A medida é adotada todas as noites em que a temperatura for igual ou menor que 9ºC.

Como há previsão de temperaturas ainda mais baixas nos próximos dias, a coordenadora alerta a população para que ligue para a Central 156 caso veja alguma pessoa em situação de rua.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook