Feirinhas de Inverno começam nesta quarta em Curitiba

Ao todo, 60 barracas serão montadas nas praças Osório e Santos Andrade, com diversas opções gastronômicas e de artesanato na Capital mais fria do país.

Redação - 15 de junho de 2022, 08:38

Foto: Daniel Castellano / SMCS
Foto: Daniel Castellano / SMCS

As tradicionais feirinhas de inverno de Curitiba começam nesta quarta-feira (15). Ao todo, 60 barracas serão montadas nas praças Osório e Santos Andrade, com diversas opções gastronômicas e de artesanato na Capital mais fria do país.

Neste ano a novidade é a venda de pinhões, além dos cozidos, também in natura. A ação vai auxiliar o escoamento da safra de Araucária, Balsa Nova e Lapa.

De acordo com a prefeitura, as feirinhas temáticas funcionam até 23 de julho. Na praça Osório, os espaços podem ser visitados de segunda à sábado, das 10h às 21h, e aos domingos, das 14h30 às 19h30. Já na praça Santos Andrade, as barracas funcionam das 10h às 20h, de segunda à sábado, e das 14h30 às 19h30 nos domingos.

Segundo a artesã Laura Dayane de Lara Rosa, de 39 anos, que vai expor na Praça Osório, a expectativa é que as vendas sejam boas e os clientes saiam satisfeitos.

“As feiras sempre são movimentadas, os curitibanos já conhecem e é sempre gratificante quando um turista internacional compra um dos nossos produtos”, conta ela.

Laura faz à mão sapatinhos e toucas de lã para adultos e crianças, além de chaveiros e itens de decoração. No inverno, as roupinhas de lã fazem mais sucesso. Ela está se preparando há cerca de três meses para atender o público da Feira de Inverno. A artesã trabalha há dez anos nas feiras temáticas de Curitiba.

Assim como ela, a artesã Tatiana Melissa Etzel Costa, de 48 anos, estará na Praça Osório para vender bolsas térmicas. “As Feiras de Inverno são uma experiência completa. O pessoal vai para tomar quentão, comer umas comidinhas de festa junina e sempre compra uma lembrança”, relata.

Ela participa há sete anos da Feira de Inverno, mesmo período em que passou a vender suas bolsas térmicas na Feira do Largo da Ordem.

Os expositores manterão protocolos sanitários, como álcool gel em todas as barracas, ainda de acordo com a prefeitura.