Ferry-boat fica à deriva, mas volta a operar após manutenção

Casos como esse se tornaram recorrentes desde o ano passado, com as trocas das empresas que assumiram a concessão do serviço público

BandNews FM Curitiba - 08 de março de 2022, 15:00

Foto: Geraldo Bubniak/AGB
Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Voltou a operar normalmente a balsa do Ferry-boat que ficou à deriva ontem (segunda, 7) no momento em que fazia a travessia da Baía de Guaratuba, no litoral.

Segundo o DER-PR, a embarcação não oferece risco aos usuários porque passou por manutenção. A balsa estava carregada e saiu da rota de navegação devido a um problema mecânico. Dois rebocadores participaram do resgate. As informações são da BandNews Curitiba.

Casos como esse se tornaram recorrentes desde o ano passado, com as trocas das empresas que assumiram a concessão do serviço público. A ocorrência desta segunda-feira (7) foi registrada em vídeo por uma usuária do serviço de travessia da Baía de Guaratuba. Além de relatar o resgate da balsa à deriva, ela afirma que outra embarcação carregada com veículos estava havia 15 minutos tendo dificuldades para atracar.

"A balsa foi embora, para o lado contrário. Não sei se está quebrada, mas ficou à deriva. Um sufoco, ela foi pra muito longe, e outra balsa tentando atracar e não consegue há pelo menos 15 minutos. Para nós que dependemos todo dia do serviço está muito difícil", disse.

A empresa Internacional Marítima, responsável pela travessia da Baía de Guaratuba, não foi localizada pela reportagem. A concessionária assumiu o serviço após o Governo do Paraná romper com a BR Travessias, que venceu a licitação e iniciou a operação em abril de 2021. No entanto, a empresa não conseguiu cumprir as obrigações e o contrato foi rescindido após pressão popular.

Por meio de nota, o DER-PR confirmou que o ferry-boat saiu da rota de navegação devido a um problema mecânico e que duas embarcações foram acionadas para o resgate. Segundo o órgão, o ferry-boat voltou à operação poucas horas depois, após ser consertado.