Pai é preso por filho cultivar maconha nos fundos de casa

Narley Resende


Um homem de 47 anos foi preso na tarde desta terça-feira (12) após a polícia descobrir oito pés de maconha plantados em vasos atrás de sua residência, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. Os policiais acreditam que as plantas pertenciam ao filho, de 26 anos, do pai de família.

Policiais da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Curitiba (DFRV) investigavam uma denúncia de que carros teriam origem duvidosa na residência e acabaram encontrando os pés de maconha por acaso.

De acordo com a denúncia, os veículos Fiat Linea e Fiat Uno poderiam ser roubados ou furtados. Com a chegada da polícia, o proprietário da residência recebeu a equipe, que verificou os veículos na casa. Não havia nada de errado com os carros.

Durante a vistoria, no entanto, os policiais teriam sentido um forte odor de maconha e se surpreenderam ao encontrar o cultivo das plantas no fundo do quintal.

“Estávamos apurando uma denúncia de que um dos veículos poderia ter sido roubado ou furtado. A gente olhou em um corredor e percebeu a plantação no fundo. Ele alegou que era do filho dele, mas que o filho estava viajando, estava no Estado de São Paulo”, conta o investigador Marcio Moreira.

Segundo o agente da Polícia Civil, a família permitia que o rapaz plantasse a maconha nos fundos da casa. “Ele [o pai] sabia, tinha conhecimento, inclusive era de conhecimento da mãe também”, afirma.

O pai disse na delegacia que o filho passou seis anos no Exército e quando saiu começou a fumar maconha. A família, portanto, permitia a plantação em casa.

Foram encontrados e recolhidos, em vasos distintos, oito pés de cerca de 1,2 metro de altura. Para a polícia o homem revelou que os pés de maconha são do filho, que há uma semana havia mudado de Estado. O homem foi encaminhado junto com a maconha para a delegacia para prestar esclarecimentos.

[insertmedia id=”-FHnew0x6Bs”]

 

 

Previous ArticleNext Article