Fiscalização apreende quase 2 toneladas de ração vencida em agropecuárias e pet shops, em Guarapuava

Redação


Uma ação conjunta de fiscalização apreendeu 2,6 toneladas de produtos vencidos em agropecuárias e pet shops em Guarapuava, na região central do estado. Em apenas um dos locais vistoriados foram encontradas quase duas toneladas de ração vencida, segundo a prefeitura.

Além das rações, foram apreendidos suplementos alimentares, medicamentos, vacinas, inseticidas e sementes, que também estavam fora do prazo de validade, alguns desde 2017. Apenas o Procon encontrou 379 itens irregulares, sendo 1.850 kg de alimentos para animais.

Os trabalhos contaram com profissionais do Procon, Vigilância Sanitária Municipal e a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) e foram concluídos nesta terça-feira (14).

O Código de Defesa do Consumidor (CDC) proíbe a venda de produtos com prazo de validade vencido e, por isso, as empresas poderão ser multadas.

De acordo com o chefe da Vigilância Sanitária, Guilherme Cassemiro Dias, a ação visa coibir o comércio ilegal de produtos, principalmente o chumbinho, uma espécie de veneno que é clandestinamente utilizado para matar ratos, cães e gatos e que oferece grandes riscos a vida humana devido ao seu alto poder de intoxicação. “Contamos com a colaboração da população para ajudar na fiscalização através de denúncias,” disse.

O Procon, de forma individual, ainda fiscalizou outros 19 estabelecimentos. Em seis deles, encontrou e apreendeu mais 1.138 produtos vencidos, autuando todos os estabelecimentos que terão prazo de 10 dias para apresentar defesa e comprovar o descarte dos produtos.

Alguns dos produtos apreendidos estavam vencidos desde 2017. Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarapuava

Essa é a maior apreensão realizada pelo órgão de defesa do consumidor, resultando em um total de 2,6 toneladas de ração e medicamentos vencidos.

Segundo Luana Esteche, coordenadora do Procon em Guarapuava, “essa ação dá continuidade às inúmeras fiscalizações realizadas, visando o combate a comercialização de produtos vencidos, devendo se estender ainda por algumas semanas”.

O Procon orienta que os consumidores de Guarapuava fiquem atentos ao prazo de validade dos produtos na hora da compra e, em caso de irregularidades, acionem a fiscalização por meio do telefone (42) 3621-4590.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="790096" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]