Fiscalização da PRF aponta irregularidades em 26% dos caminhões na BR 277

Fernando Garcel


A 25ª edição da Operação Serra Segura da Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagrada nesta quinta-feira (7) na BR 277, no trecho entre Curitiba e Paranaguá, identificou 26,7% de caminhões com algum tipo de irregularidade.

De acordo com a PRF, dos 60 caminhões fiscalizados, 16, ou seja, (26,7%) apresentaram problemas. Desses, quatro foram retidos e outros 12 foram autuados e liberados logo em seguida para regularização, fora dos pátios da PRF.

Durante a operação de fiscalização desta quinta-feira (07/07), quatro motoristas foram presos em flagrante. Um deles por expor a vida de terceiros a risco iminente em razão do mau estado de conservação do sistema de freios, outro detido tinha contra ele um mandado judicial de prisão, e dois motoristas foram presos por evasão de pedágio. Isso, segundo a PRF, expõe a risco de atropelamento os funcionários que atuam no local.

Uma das prisões aconteceu porque o motorista já foi flagrado pela concessionária responsável pelo trecho da BR 277 furando o pedágio 38 vezes só naquela praça, entre Curitiba e o litoral. Não é possível afirmar que em todas as vezes era esse o motorista que estava conduzindo o automóvel. No entanto, é bem possível que tenha sido ele. Portanto, o motorista foi preso quando tentava furar pela 39ª vez o pedágio na praça entre Curitiba e o litoral do Paraná.

A operação acontece após o acidente dessa semana que envolveu um caminhão-tanque que tombou e explodiu na descida da serra, em Morretes. De acordo com a polícia, em depoimento, o motorista afirmou que o acidente foi causado porque os freios do veículo falharam. Treze carros foram atingidos e seis pessoas morreram.

> Motorista alertou empresa de que caminhão tinha problema nos freios
> Após acidentes, concessionária anuncia projeto para área de escape na BR-277
> Acidente com explosão de caminhão-tanque envolve 12 veículos na BR-277

Apesar disso, o policial rodoviário Ricardo Pasqualini afirma que a operação não tem relação direta com o acidente. “Ela já vem acontecendo desde 2014. Ela já estava marcada. Teve esse acidente de bastante gravidade e coincidiu com a data da operação”, conta.

Serra Segura

Nas 24 edições anteriores, 1.285 caminhões foram fiscalizados pela Operação Serra Segura. Desse total, 434 (33,8%) apresentaram alguma irregularidade. A maioria dos problemas detectados estão relacionados aos sistemas de freios, pneus e suspensão dos caminhões. No total, 822 multas foram aplicadas pela PRF.

 

Previous ArticleNext Article