Foragido da Colônia Penal, suspeito de assaltar joalheria em Curitiba é preso

Fernando Garcel

A Polícia Civil prendeu na terça-feira (19) o homem suspeito de ter assaltado uma joalheria dentro do Shopping Mueller, no Centro Cívico, em Curitiba, na última segunda-feira (18). Os policiais também prenderam um homem suspeito de receptar os objetos.

Segundo o delegado Rodrigo Brown, a polícia também recuperou parte dos objetos levados e apreendeu um veículo e roupas de alto padrão, que teriam sido compradas com o dinheiro da venda das mercadorias roubadas.

Bandidos invadem e assaltam joalheria do Shopping Mueller

“Descobrimos que o suspeito se tratava de um foragido da Colônia Penal, que respondia por roubo e receptação, por tanto já possuía mandado de prisão em aberto”, explica o delegado.


Foto: Divulgação

No celular do suspeito preso, os policiais encontraram fotos dos relógios que foram anunciados para venda, o vídeo do assalto divulgado pela imprensa e um áudio dele preocupado com sua prisão.

Como muitos objetos roubados foram vendidos, o delegado frisa que os compradores podem ser enquadrados pelo crime de receptação e devem procurar a Delegacia de Furtos e Roubos para entregar os objetos.

“Quem, por ventura, adquiriu que nos procure de boa fé para não ser responsabilizado futuramente por uma participação na quadrilha do suspeito preso”.

O assalto

Ao menos três pessoas teriam participado do assalto registrado na joalheria Dalitz, em Curitiba. O estabelecimento fica no piso L3 do Shopping Mueller, no bairro Centro Cívico. Toda a movimentação dos criminosos foi gravada por câmeras de segurança. A ação dos bandidos foi rápida e o grupo fugiu a pé pela rua Mateus Leme em direção ao Largo da Ordem.

Na saída, os bandidos saíram ameaçando os clientes do shopping com simulacros de armas.

Em nota, a assessoria de imprensa do Shopping Mueller afirma que, apesar do roubo, não houve prejuízo direto aos clientes.

Veja:

Post anteriorPróximo post