Foragido é preso depois de passar 27 horas escondido em forro de motel no Paraná

Redação

foragido, motel, forro de um motel, foz do iguaçu, paraná, colchão, fogo, colchão, bope, polícia

Um homem de 43 anos, foragido da Justiça, foi preso em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, após passar 27 horas escondido no forro de um motel. Ele se entregou na manhã deste sábado (7). Cerca de 50 policiais participaram das negociações, entre eles agentes do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais).

De acordo com a PM-PR, Vanderlei de Quadros é foragido da Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu. Contra o homem há dois mandados de prisão, sendo um deles por homicídio.

O suspeito se escondeu no forro de um motel após discutir com uma mulher e atear fogo em um colchão. Conforme o relato oficial, o suspeito teria saído por uma janela interna do banheiro e para se esconder da polícia em um pequeno espaço no forro.

Conforme o BOPE, equipes de Foz do Iguaçu e de Curitiba participaram das negociações. O foragido alegou que temia pela integridade física. Além disso, armado com um revólver calibre 38, justificou que tinha medo de ser morto pela polícia.

FORAGIDO INTERDITA MOTEL APÓS PASSAR 27 HORAS ESCONDIDO

Ainda de acordo com as informações da polícia, o motel precisou ser interditado. Como o homem estava armado e a negociação era complicada, havia a possibilidade de que os demais clientes fossem expostos a perigos.

O foragido foi encaminhado à delegacia da 6ª Subdivisão de Polícia do Paraná. Por fim, após prestar depoimento, ele será encaminhado à Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu.

* Com informações do Tarobá News

Previous ArticleNext Article