Força Nacional e polícias do Paraná estendem reforço para o Noroeste do Estado

A Força Nacional está atuando nas cidades da região de Umuarama até a divisa com São Paulo, em patrulhamento ostensivo

Redação - 14 de fevereiro de 2022, 11:44

Divulgação/SESP-PR
Divulgação/SESP-PR

A força-tarefa montada pela SESP (Secretaria da Segurança Pública do Paraná) para combater o crime organizado ampliou a atuação para o Noroeste do estado. Desde o início de fevereiro, as equipes da Força Nacional, das polícias Militar e Civil e do Departamento de Polícia Penal estão desencadeando operações integradas para inibir o tráfico de armas e drogas e fortalecer a segurança da população.

A Força Nacional reforça o policiamento ostensivo nas divisas com São Paulo e Mato Grosso do Sul, em ações integradas com policiais militares e civis que atuam na região.

O Paraná conta com 100 integrantes da FNSP, baseados nas cidades de Foz do Iguaçu, Guaíra e Icaraíma. Após mais de um mês atuando na região oeste, as equipes foram direcionadas também ao Noroeste, com base na análise criminal das polícias do Paraná. 

A Força Nacional está atuando nas cidades da região de Umuarama até a divisa com São Paulo, em patrulhamento ostensivo, operações de saturação, blitzes de trânsito e no apoio às equipes da Polícia Militar e da Polícia Civil em outras ações. O trabalho inclui a atuação das unidades especializadas, principalmente o BPFRON (Batalhão de Polícia de Fronteira).

“Mapeamos os pontos mais críticos para que a Força Nacional e as nossas polícias pudessem agir. Os objetivos são incrementar a presença do Estado em rotas usadas para contrabando e descaminho, incluindo portos clandestinos às margens do Rio Paraná”, explicou o secretário da Segurança Pública, Rômulo Marinho Soares.

As equipes policiais foram aplicadas em pontos estratégicos de acordo com a análise criminal da PM e da Polícia Civil. Participam dos trabalhos efetivos do 25º Batalhão da Polícia Militar, do Batalhão de Fronteira, da Força Nacional, do Departamento de Polícia Penal e da 7ª Subdivisão Policial (7ª SDP) da Polícia Civil.