Fraude de R$ 500 mil em prefeitura paranaense é investigada pela polícia

Redação


A Polícia Civil cumpre três mandados de prisão temporária e quatro de busca e apreensão, nesta segunda-feira (4), na Prefeitura de Imbituva, nos Campos Gerais do Paraná. A ação, batizada de Lote de Ouro, investiga uma fraude que causou um prejuízo de R$ 500 mil aos cofres públicos.

De acordo com a Polícia, a fraude acontecia no procedimento de desapropriação de um imóvel para a construção de um centro de reabilitação na cidade. A investigação teve início há dois meses, após indícios de crimes como associação criminosa, falsidade ideológica e falsa perícia.

Ainda não há informações sobre quem seriam os detidos.

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Imbituva, mas até o momento não obteve retorno.

Previous ArticleNext Article