Fronteira de Bernardo de Irigoyen e Dionísio Cerqueira reabre após 19 meses

Redação

Fronteira barracão Bernardo de Irigoyen e Dionísio Cerqueira

Com autorização do governo argentino, a fronteira de Bernardo de Irigoyen, na Argentina, e Dionísio Cerqueira, cidade de Santa Catarina, abriu na manhã desta terça-feira (19). O ato de reabertura aconteceu às 9h, com as presenças dos prefeitos e órgãos de segurança, como Polícia Federal, Receita Federal e Anvisa. As informações são da Folha do Oeste.

Para os brasileiros passarem ao país vizinho, é preciso apresentar o teste PCR, com resultado negativo em período de 72 horas antes, e a comprovação das duas doses da vacina há 14 dias ou mais. Do lado argentino, serão feitos gratuitamente os exames de antígeno no posto de saúde localizado ao lado da aduana. Além disso, é necessário preencher o formulário no site de Migraciones.

Pelo lado brasileiro, a PF é a responsável pelo controle de passagem dos argentinos. A portaria do governo brasileiro em vigor proíbe a entrada de argentinos por via terrestre. No entanto, os moradores de Bernardo de Irigoyen terão a entrada autorizada pela parceria da região.

A fronteira ficará aberta entre 8h e 18h, com fechamento durante as noites. Ainda não há expectativa de flexibilização das medidas.

FRONTEIRA DE BERNARDO DE IRIGOYEN E DIONÍSIO CERQUEIRA TEM RELAÇÃO COM O PARANÁ

A região é conhecida no Paraná por causa da cidade de Barracão, localizada no extremo do sudoeste do Estado e que faz fronteira tanto com a Argentina quanto com Santa Catarina.

A economia é sustentada justamente na integração de um triângulo Barracão-Dionísio Cerqueira-Bernardo de Irigoyen, o que possibilita muitas pessoas morarem em uma cidade e irem trabalhar em outra.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="797468" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]