Funcionários fazem nova greve no ferry boat de Guaratuba

Os funcionários do ferry boat responsáveis pela ligação entre Guaratuba e Caiobá, no Litoral do Paraná, entraram em nova greve nesta quinta-feira (10).

Jorge de Sousa - 10 de fevereiro de 2022, 19:46

Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

Os funcionários do ferry boat responsáveis pela ligação entre Guaratuba e Caiobá, no Litoral do Paraná, entraram em nova greve na tarde desta quinta-feira (10).

Essa é a segunda greve nesta semana, com os funcionários tendo parado o serviço por cerca de uma hora na última terça-feira (8).

A greve foi motivada pelo atraso no pagamento dos salários dos funcionários pela BR Travessias, empresa responsável pelo funcionamento do ferry boat até a última quarta-feira (9).

Desde quinta-feira, o serviço foi assumido pela Internacional Marítima, empresa responsável pela operação da travessia entre as cidades de Salvador e a Ilha de Itaparica, na Bahia, tendo 30 anos de atuação no mercado.

O encerramento do contrato com a BR Travessias foi motivado devido ao não cumprimento do contrato, sendo que o Governo do Paraná aplicou mais de 141 autos de infração na empresa devido mal atendimento da população no ferry boat.

O contrato do Governo do Paraná com a BR Travessias foi assinado em abril de 2021 e tinha duração de dez anos.

Vale lembrar que a construção da Ponte de Guaratuba - responsável pela ligação de Guaratuba e Matinhos, está em fase de Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental.

Procurados pela reportagem, o DER-PR (Departamento de Estradas de Rodagem) e a Internacional Marítima não retornaram os questionamentos até o fechamento da matéria.

LEIA MAIS: Acidente na BR-277 deixa um ferido e interdita pista da rodovia