Fundação atende recomendação e suspende pagamento a empresas de saúde no Litoral

Fernando Garcel


A Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Paraná (Funeas) suspendeu os pagamentos a empresas que prestam serviços de plantão médico no Hospital Regional do Litoral. A recomendação foi expedida pela 4ª Promotoria de Justiça de Paranaguá, no Litoral paranaense, após constatação de que médicos que estavam escalados para cumprir o plantão não estavam trabalhando.

De acordo com o Ministério Público do Paraná (MPPR), em novembro do ano passado, em uma visita não programada, os promotores verificaram indícios de que as escalas de plantão do Hospital Regional do Litoral estariam sendo fraudadas, de modo a permitir que as empresas contratadas a prestar serviços médicos disponibilizassem um número de profissionais menor do que a quantidade que estavam obrigadas a fornecer, prejudicando assim a assistência à população.

Para apurar os fatos, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) instaurou comissão de sindicância, que será acompanhada pela promotoria. Caso as irregularidades sejam comprovadas, os contratos deverão ser rescindidos, conforme orienta a recomendação administrativa do MPPR, sem prejuízo da responsabilização cível e criminal a que estarão sujeitos os envolvidos.

Previous ArticleNext Article