Fundo destina R$ 15 mi a entidades assistenciais para crianças no Paraná

Redação

Crianças - Adolescentes - Fundo - Assistência Social - Paraná - Entidades

300 entidades de assistência social que atendem crianças, adolescentes e pessoas com deficiência receberam R$ 15 milhões para suas atividades em 2019. O recurso é oriundo do Fundo Estadual da Infância e Adolescência (FIA), administrado pelo CEDCA-PR (Conselho Estadual dos Direitos da Criança e Adolescente).

O principal objetivo do FIA é financiar programas e ações para erradicar o trabalho infantil e auxiliar na inserção no mercado de trabalho para os adolescentes.

O fundo foi criado em 1992 e permite que pessoas jurídicas e pessoas físicas realizem deduções fiscais do Imposto de Renda.

“Os recursos do fundo são compostos por fontes de origens diversas e seus recursos são utilizados, exclusivamente, para o custeio de programas, ações e serviços dirigidos ao atendimento dos direitos de crianças e adolescentes. É uma situação em que todos ganham”, explicou o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

ENTIDADES AUXILIADAS

Uma das instituições beneficiadas pelo FIA é o Instituto Bom Aluno do Brasil. Na avaliação da gerente da entidade, Maria Isabel Grassi, apoio do fundo de extrema importância para a manutenção de políticas públicas voltadas às crianças.

“Com esses recursos temos a garantia de continuidade dos projetos de apoio escolar nas disciplinas de português e matemática, além de desenvolver competências para que os jovens alcancem um nível superior de ensino, que é a meta do Instituto”, comentou.

O Instituto Bom Aluno incentiva estudantes de baixa renda a se capacitarem pela educação. Os alunos de escolas públicas  são selecionados ainda no ensino fundamental para um programa de contraturno, no qual os jovens recebem cursos complementares, acompanhamento de desempenho escolar e integração ao mercado de trabalho.

Leprevost ainda destacou que a Secretaria desenvolve diversos outros programas voltados a crianças e adolescentes, como a Força-Tarefa Infância Segura, que congrega as políticas públicas dos sistemas de justiça, segurança, assistência social, educação e saúde em ações coordenadas para as crianças vítimas de violência.

Já foram realizadas diversas operações de fiscalização e integração em cidades do Paraná, em parceria com o Ministério Público, Poder Judiciário, Ordem dos Advogados do Brasil, conselhos tutelares, e as polícias militar, civil e federal.

Previous ArticleNext Article