Gaeco deflagra operação para investigar fraudes na Saúde em Medianeira

Fernando Garcel


O Ministério Público do Paraná (MPPR), por meio de todos os núcleos do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), deflagrou a Operação Sanitas na manhã desta quarta-feira (26). Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e oito mandados de condução coercitiva em Medianeira, no Oeste paranaense.

A ação faz parte da Operação Sanitas, que apura fraudes na saúde naquele município.

Gaeco deflagra operação que investiga crimes de corrupção em prefeitura do Sudoeste

As investigações do Gaeco de Foz do Iguaçu, com apoio da Promotoria de Justiça de Medianeira, começaram há cinco meses. São investigados possíveis crimes de peculato, com envolvimento de um médico e de servidores públicos da área de saúde. Eles estariam inserindo no sistema de dados da Secretaria de Saúde informações falsas de consultas e exames não realizados. O objetivo era desviar dinheiro dos cofres públicos.

As buscas foram feitas nas residências do médico e da secretária de Saúde de Medianeira, na própria Secretaria e em um hospital. Os mandados de condução coercitiva envolveram servidores da área de saúde.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="427169" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]